O que é refinanciamento
Finanças

O que é um refinanciamento? Quais são as vantagens de fazer?

Sabe aquele momento em que as parcelas do empréstimo começam a pesar no bolso? Com o refinanciamento você reorganizar as suas finanças. Com ele o cliente poderá até obter das taxas e juros e terá uma forma de crédito mais saudável. Continue acompanhando este artigo e entenda melhor sobre o refinanciamento de empréstimo como funciona, e como possibilita a melhora dos seus problemas financeiros.

Veja também:
O que é renda fixa e variável? Tire suas dúvidas
O que é IPCA? Para que serve?
O que é a anuidade de um cartão?

O que é um refinanciamento?

O financiamento funciona como uma troca de contrato de um empréstimo antigo por um novo na mesma instituição financeira, assim é possível fazer alteração no prazo dos valores contratados. Se você se encontra endividado saiba que o refinanciamento pode ser a solução para esse problema. A ideia do refinanciamento é justamente var com que a pessoa saia de uma maré de dívidas. Mas é muito bom que o consumidor que deseja essa modalidade de crédito se cretifique que será vantajoso considerando os juros e as parcelas, veja se cabe em seu orçamento.

Como se faz um refinanciamento?

Antes de solicitar o refinanciamento é preciso que uma parte das parcelas do empréstimo anterior estejam pagas. Há varias formas de fazer um refinanciamento, você pode solicitar esse crédito também colocando algo como garantia, como, por exemplo, um veículo ou imóvel, mas é necessário que esse bem esteja em seu nome. Outra forma de refinanciamento é o refinanciamento de um empréstimo consignado, o qual você irá ver ao decorrer dessa leitura.

Quais as vantagens do refinanciamento?

Fazer um refinanciamento pode trazer muitas vantagens como:

  • Menos burocracia: com o contrato de empréstimo vigente entre o você e o agente financeiro, o refinanciamento é um processo feito de forma bem mais simples do que uma nova contratação.
  • Flexibilidade de prazo: você também pode negociar um prazo mais longo de pagamento.
  • Liberação do crédito mais rápido: da mesma forma, se aprovado, o total contratado é liberado de forma mais rápida, já que o agente financeiro possui todas as informações necessárias para fazer a concessão do crédito.
  • Possibilidade de alterar o valor: o refinanciamento também possibilita a contratação de um valor maior de crédito. Muitas vezes, não só reduz o valor das parcelas também é possível obter um troco, isso significa, um valor maior que o contrato anterior.

 

Quando fazer o refinanciamento de um emprestimo?

É bem mais vantajoso trocar uma dívida alta por uma mais saudável, com taxas menores. Caso esteja com uma dívida do cartão de crédito ou outro tipo de dívida que possua uma alta taxa de juros, procure um empréstimo que contenha uma taxa de juros baixa e parcelas que caibam no seu orçamento.

O refinanciamento feito com um empréstimo de taxas prefixadas pode ser um ótimo negócio. É possível que os juros fiquem menores com a variação da taxa Selic. Então nesse caso pode existir taxas prefixas menores ou mesmo surgir o desejo de trocar por uma taxa pós-fixada, apostando no cenário econômico.

Como funciona o refinanciamento de empréstimo consignado?

O refinanciamento do empréstimo consignado pode ser feito por aposentados, pensionista, trabalhadores de empresas privadas e servidores públicos. Quando você refinancia um empréstimo consignado seu saldo atual passa a ser quitado e no novo saldo ocorrerá a diferença, exemplo: você está precisando de R$1.500 e o atual saldo que você está devendo é de R$3.500 em 12x restantes. Então é preciso consultar a margem consignável e ver se é possível contratar um novo valor. Se sim, o agente financeiro quitará suas parcelas restantes e disponibiliza um novo empréstimo de R$5.000. Com um novo empréstimo formado o consumidor fica com a diferença de R$1.500 que será liberado em sua conta no prazo de 2 a 5 dias úteis.

Como fazer um refinanciamento do meu carro?

Para realizar esse refinanciamento o interessado deve ter um carro em seu nome, de preferência quitado, e ter a documentação regularizada. Com esse meio de crédito o cliente coloca seu carro como garantia, e assim conseguirá realizar a operação com melhores condições de pagamento, taxas mais baixas e maior prazo para realizar o pagamento.

 

Contrate o refinanciamento do seu carro em cinco passos:

  1. Solicitação: a solicitação de crédito pode ser feita pela internet, preenchendo alguns dados, ou pelo telefone, conforme o agente financeiro que você escolheu.
  2. Análise de crédito: com essa análise é feita e será valiado se a quantia solicitada pode ser emprestada conforme a sua situação financeira, que deve estar nos critérios da empresa para ser aprovada.
  3. Análise jurídica e vistoria do veículo: os documentos de quem solicita passam por uma verificação e triagem. Paralelamente o bem é avaliado para então se tornar garantia do pagamento.
  4. Assine o contrato: depois que tudo foi aprovado, o documento de formalização do empréstimo fica disponível para assinatura. Após assinado, o contrato deve ser entregue à instituição financeira.
  5. Liberação do recurso: a liberação do crédito pode variar segundo a política de crédito do agente financeiro. Os processos de envio da documentação, análise de crédito, análise jurídica e a vistoria são decisivos para o prazo.