O que é um aporte de capital e como contabilizar?

O que é aporte de capital

 

 

A maioria dos grandes investidores e empreendedores costumam realizar um aporte de capital, com a principal finalidade de visar uma rentabilidade financeira. Ou seja, o aporte pode ser usando para aumentar suas rendas relacionadas com os seus negócios. Além de ser uma solução para diversas empresas e investidoras, visto que equilibra o orçamento e expande os negócios financeiras da sua empresa.

 

Sendo assim, destacamos a importância de ter conhecimento sobre um aporte de capital para poder usar para solucionar as questões de negócios de suas empresas, como uma forma de gerar uma boa rentabilidade. Para isso, apresentaremos a você todas as informações importantes, sobre o aporte financeiro, como funciona e tirar as dúvidas de diversos investidores e empreendedores que necessitam saber sobre o aporte de capital.

Veja também:
Como abrir um negócio de forma segura?
Dicas Práticas para Organizar o Orçamento Familiar
Como investir no Tesouro Direto?

O que é um aporte de capital?

Aporte de capital, nada mais é que uma contribuição financeira recebida e usada por empresas para que elas tenham a finalidade de crescer ou seu negócio, ou aumentar um determinado projeto. O aporte de capital pode ser adquirido tanto por investidores individuais ou investidores em equipes que pode aplicar recursos, ou seja, investimentos, como uma troca para participar dos lucros que podem ser adquiridos. Esse recurso é bastante usado como uma forma de que os investidores e empresas consigam ampliar seus negócios e atingir o retorno de interesse. 

Como funciona aporte?

Sendo assim, podemos dizer o aporte pode ser usado em situações distintas, como a criação de novo negócio que chamado de fase inicial; com empresas pequenas e médias que usufrui um bom faturamento, chamando fase de maturação e com as empresas que são maiores, mas possui expectativo de ótimos retornos, denominando como uma fase final. O funcionamento do aporte, depende bastante de sua fase de negócio ou de investimentos, como mostramos anteriormente, que seriam as fases iniciais, de maturação e final. 

Como contabilizar o aporte de capital?

Nas empresas o aporte de capital é contabilizado através da caixa, equivalente de caixa, dos bens e do capital social. Quando falamos em contabilidade de aporte de capital, está referenciando ao todo o fluxo de dinheiro de uma empresa, isto é, a toda entrada de dinheiro na empresa. O aporte de capital é realizado pelos acionistas de uma empresa, com o objetivo de aumento o valor de um capital social. Nesse sentindo, podemos dizer que esse capital social pode ser dado de diversas maneiras, como formas de caixa ou equivalente de caixa, assim como pode ser realizado como uma forma de bens, como os veículos, as máquinas ou imóveis.

Quem pode fazer aporte de capital?

Como mencionamos anteriormente, o aporte financeiro é uma contribuição que empresa recebe como uma forma de investimento para crescer o negócio ou aumento de determinado projeto. O aporte de capital pode ser realizados tantos por investidores quanto empreendedores, sejam eles investidores individuais ou em grupos, que busca aplicar os seus investimentos para participar dos lucros e futuros retornos que serão obtidos. Portanto, podemos dizer que todos aqueles que são investidores ou donos de determinadas empresas de negócios, ou possuam algum negócio, pode faz um aporte de capital. 

Quais são os tipos de aporte de capital?

Como vimos, o aporte de capital pode ser usado tanto investidores quanto para empresas, podemos perceber que também é utilizado em várias etapas da empresa, como fase inicial, de maturação e a fase final de determinadas organizações. Dessa forma, destacamos como sendo Importante lembrar que, um aporte financeiros também são segmentados em categorias, que varia conforme o estado de cada empresa, que consiste no investidor anjo, venture capital e private equity. 

Investidor anjo

No investidor anjo, é um investimento que é determinado para as empresas que estão na fase inicial. Ou seja, as empresas que não possuem algum produto ou serviços, o que é considerado um tipo de investido de risco alto. Lembrando que as pessoas que realizamo esse tipo de investidor anjo, a maioria já são profissionais, como investidores e empresárias com grande sucesso em que decide realizar partes de seus patrimônios para os investimentos nos negócios. 

Venture capital

A venture de capital é uma categoria de investidor destinado às empresas que estão em fase de maturação. Essa categoria de investimento ou aporte financeira, são uma das melhores opções para aqueles investidores que estão sempre em busca de empresas pequenas e médias que tenham o interesse de ampliar seus negócios. Para isso, necessita que as empresas tenham um bom faturamento que demonstre obter uma boa expectativa de crescimento no negócio, é um dos investimentos seguros, visto que as empresas já estão atuantes no mercado e existe uma grande chance de crescimento.  

Private equity

O investimento ou aporte private equity é destinado para as empresas na fase final, ou seja, as empresas que já possuem um bom faturamento e já tem grande influência e atuação no mercado, assim como nos negócios, isto é, são investimentos determinados para as empresas de grande porte. Sendo assim, ocorre quando existe uma consolidação entre organizações com o mesmo objetivo, de aumentar o crescimento e obter retornos bastantes altos nos negócios. 

Como conseguir um aporte de capital?

Levando tudo isso em consideração, destacamos que quando um investidor opta por um investimento em determinada organização, certamente está em busca que a organização investida tenha a potência para crescer e conseguir lucros. Por esse motivo, em sua empresa, você deve apresentar ao investidor todas as expectativas que são positivas e favoráveis para sua organização. Antes de tudo, sempre mantenha a contabilidade da empresa devidamente atualizada com todas as informações importantes sobre a contabilidade financeira da empresa. 

 

Outro ponto importante, é necessário possuir um plano de negócios com total clareza, apresentado todas metas a serem alcançadas. Além disso, é de suma importância que o dono da empresa ou representante mantenha seu nome sem restrições em órgãos de proteção ao crédito, como SPC ou Serasa, visto que a transparência tanto da empresa quanto do empreendedor é vital para que as negociações possam ser realizadas.

Quais são os benefícios de receber um aporte de capital?

Dente os principais benefícios de receber um aporte de capital, como dito anteriormente, se encontra a ampliação dos negócios da sua empresa. Nesse caso, o aporte de capital é benefício para ambos, para investidores e para empresas. Para os investidores é participar das partes dos lucros das empresas, bem como o capital. E, para as empresas é a capacidade de ser livre dos empréstimos que são obtidos por bancos. Além disso, pode trazer uma ótima contribuição no networking, assim como ter crédito no mercado, o que abre portas para diversas oportunidades, principalmente em questões de parcerias. 

O aporte de capital é comum no Brasil?

Dito as informações, podemos concluir que no Brasil o processo de aporte de capital é bem comum por diversas empresas brasileiras no mercado. Sendo assim, podemos citar diversas empresas que já receberam aporte de capital por investidores que acreditaram no seu crescimento. Dentre as empresas se encontra a Nubank, uma das maiores instituições financeiras digitais no mercado que possuem grande influência. Temos também o Ifood, essa empresa de entregas ganhou bastante destaque no mercado e credibilidade. Por último, temos outra empresa que trabalho no setor urbano, sendo concorrente da empresa Uber, a 99, vem ganhado bastante destaque no mercado, através do aporte de capital adquirido por investidores.