Como valorizar o imóvel
Dicas

Dicas para valorizar o imóvel para venda ou aluguel

 

Atividades que envolvem grande volume de dinheiro ou patrimônios importantes devem ser feitas com cuidado para que não haja prejuízo para nenhuma das partes. Nesse contexto, fazer renda vendendo ou alugando um imóvel, para o proprietário, deve ser considerada uma atividade muito importante, pois, dependendo do caso, ele pode perder grandes quantias de dinheiro durante a negociação se não atentar para pequenas técnicas usadas para valorizar o imóvel. 

Dessa forma, esse artigo foi feito para quem quer evitar uma dor de cabeça na hora da negociação e para quem deseja extrair o máximo de valorização financeira do próprio imóvel e, assim, fazer mais dinheiro. Portanto, caso essa descrição se encaixe no seu caso, confira as principais dicas usadas para valorizar um imóvel antes de vender ou alugar e, assim, ganhe mais dinheiro.

Veja também:
Como abrir uma conta digital? Confira
Vagas de emprego para entregador de panfletos freelancer
O que é contabilidade consultiva e como fazer?

Como valorizar a casa para venda?

Em primeiro lugar, para valorizar uma casa, deve-se começar pelo básico: checar quais são os principais problemas na funcionalidade dela. Sendo assim, faça uma vistoria em que seja possível analisar se será preciso uma reforma estrutural, onde será preciso fazer manutenção, certifique-se sobre a qualidade das fechaduras, veja onde há rachaduras nas paredes e no teto, onde há problemas de vazamento, torneiras gastas, manchas que possam ser patologias, problemas no piso, problemas de instalação elétrica, entre outras coisas. Assim, você terá um norteamento sobre os gatos que você deve remover os problemas mais importantes.

Ademais, é necessário organizar os documentos do imóvel. Isso porque, se tem uma coisa que desvaloriza uma habitação e pode até fazer com que o comprador desista é o fato de ele ter burocracia envolvida com a compra. Anote essa dica: nenhuma pessoa interessada no seu imóvel vai querer passar horas em um cartório para resolver um problema que VOCÊ, proprietário, deveria ter resolvido antes de anunciar a casa a menos que isso acarrete em um abatimento no preço. Portanto, separe e organize documentos; pague as pendências atrasadas e deixe tudo pré-encaminhado para o próximo proprietário da casa.

Por fim, na última dica antes de aprender as técnicas usadas para valorizar o imóvel para a venda, é necessário traçar o perfil dos possíveis compradores: o imóvel é uma casa? Ele comporta uma família de, aproximadamente, quantas pessoas? O bairro em que está localizado o imóvel é um bairro jovem? Qual é o nível socioeconômico do possível comprador? Entre outras questões que devem ser respondidas para traçar o público alvo da venda e, assim, poder determinar quais as possíveis atitudes que devem ser tomadas para atrair essas pessoas.

Uma vez feita a análise das reformas mais importantes do imóvel, de organizar os documentos e de determinar o perfil dos futuros compradores, é hora de analisar quais melhorias extras você pode oferecer para além da funcionalidade normal da casa: o futuro comprador é, possivelmente, uma família grande de classe média? Então, talvez, investir na parte de laser, como uma piscina, uma churrasqueira ou banquinhos no quintal da casa seja uma boa dica para atrair essas pessoas. O público alvo são pessoas solteiras de alto poder aquisitivo? Um closet com espelhos, talvez, chame a atenção dessas pessoas. É um apartamento para um casal? Então, é interessante investir no quarto principal. Além dessas, existem outras dicas que podem ser utilizadas para melhorar o imóvel antes de vendê-lo e essas são:

  1. Renove as cores do imóvel: além de dar a impressão que a pessoa está comprando um ambiente “que nunca foi usado”, que está bem cuidado, entre outras coisas, uma pintura bem feita pode, também, guiar a imaginação do comprador para ele conseguir se imaginar no imóvel. No entanto, atenção: não arrisque com cores mirabolantes e pouco usadas, opte por tons clean;
  2. Sempre conserve os ambientes arejados e limpos, uma casa suja causa uma péssima primeira impressão;
  3. Invista na fachada: esteticamente, é ela que chama a atenção primeiro;
  4. Utilize materiais de qualidade na casa;
  5. Invista em iluminação;

Como valorizar seu imóvel para alugar?

No que diz respeito a colocar seu imóvel para alugar, o princípio de preparação do imóvel deve ser mais ou menos o usado na venda: conserte os problemas graves e estruturais (torneiras pingando, rachaduras, piso quebrado, parede com manchas, fachada feia, etc), deixe toda a documentação organizada, em dia e pronta para ser usada quando o contrato de aluguel for ser firmado e, se possível, faça algo para atrair o público alvo do imóvel, como uma churrasqueira, um jardim, um closet maior e iluminado, entre outras coisas.

Além disso, algumas outras dicas específicas para casas de aluguel são importantes, como:

  1. Pinte o imóvel com cores cleans: além de estar na moda, esse truque faz com que o futuro inquilino enxergue a possibilidade de deixar o ambiente com sua própria cara;
  2. Aposte em móveis planejados: especialmente na cozinha, com armários; no quarto, com closet; e no banheiro, com armário de pia; esse tipo de móvel passa a impressão de requinte e sofisticação na medida certa. No entanto, é necessário prestar atenção na escolha com preferência para móveis retos e cleans;
  3. Torne o ambiente impessoal na medida certa: é necessário que o cliente imagine-se no imóvel e, por isso, deve ter o menor número de decoração fixa possível. No entanto, é importante que o dono do proprietário aguce a imaginação do futuro inquilino e, sendo assim, armários, espelhos, prateleiras, etc, podem ser uma boa estratégia;
  4. Se possível, pelo menos para mostrar o imóvel, coloque móveis de inox: eles deixam o ambiente com aspecto de sofisticado;
  5. Mostre o imóvel vazio;
  6. Certifique-se de que o ambiente esteja limpo e arejado;
  7. Utilize materiais de qualidade na casa;
  8. Invista na iluminação: um ambiente bem iluminado é um ambiente mais bonito, mais sofisticado e chama mais atenção;

Dicas Gerais para valorizar o imóvel:

No mais, existem dicas que podem ser usadas para valorizar tanto o imóvel com foco na venda quanto o imóvel com foco em alugar e elas são:

  1. Invista na divulgação: fotos bem tiradas, com boa qualidade de iluminação; um anúncio bem escrito e divulgado nos veículos certos (WhatsApp, grupos de Facebook, Instagram ou através de corretores imobiliários) podem fazer total diferença;
  2. Certifique-se de que a pessoa responsável por mostrar a casa seja alguém com personalidade cativante e que também seja paciente. Muitas vezes, o vendedor faz total diferença para que a pessoa finalize o negócio;
  3. Certifique-se de que quem mostra a casa é alguém que tem informações sobre o bairro: saber onde fica localizado serviços como padaria, supermercado, ponto de ônibus ou metrô mais próximos, farmácia, ou shopping mais próximos, entre outros serviços, além de informações sobre os vizinhos e sobre a segurança do bairro, são de total importância;
  4. Deixe claro para o cliente que o material usado na reforma é de ótima qualidade e, se possível, especifique marcas;
  5. Explore os sentidos de quem visita o imóvel: cheiro de bolo sendo feito dá a impressão de que o imóvel é um ambiente familiar; cheiro de óleos essenciais de lavanda, por exemplo, dão a impressão de um ambiente aconchegante; entre outros; música ambiente, em especial jazz e instrumental, podem relaxar os possíveis compradores e deixar a visita mais aconchegante;

Conclusão

Apesar de existirem inúmeras dicas para quem deseja valorizar um imóvel, esse processo não é uma receita de bolo, na qual deve ser seguido todos os passos. Sendo assim, antes de implementar alguma dessas melhorias, é necessário ver se ela é compatível com sua realidade e com seu público alvo. Dessa maneira, essas dicas são, como o próprio nome diz, apenas dicas e dependem do senso crítico do proprietário para serem aplicadas.