Como montar um plano de marketing para uma startup?

Como montar um plano de marketing para startup

 

Montar uma startup é o sonho de muita gente atualmente e isso se dá, entre outros fatores, devido ao crescente investimento externo. Por esse motivo, o mercado tem se mostrado cada vez mais competitivo para quem sonha em montar sua própria empresa emergente, como mostram os dados da Abstartup que dizem que desde 2011, o Brasil multiplicou seu número de startups por 20.

Nesse contexto, ter um plano de marketing tornou-se um dos grandes diferenciais capazes de determinar, inclusive, o tempo de vida útil de uma empresa como essa: a propaganda bem feita pode atrair o público e os investidores necessários para que a empresa dure mais. Dessa maneira, se você tem uma startup ou sonha em montar uma e está interessado em saber um pouco mais sobre como montar um plano de marketing para uma startup, acompanhe esse artigo.

Veja também:
Dicas para valorizar o imóvel para venda ou aluguel
Dicas para organizar finanças pessoais
Como abrir uma conta digital? Confira

O que é uma startup?

Startup, atualmente, virou quase que sinônimo de “inovação” e “qualidade” no mundo dos negócios. No entanto, sua definição exata é um modelo de negócio que acabou de ser fundado e, por ainda ser cheio de incertezas, permite que a empresa arrisque com novidades. A qualidade é sinônimo da inovação:: é importante fazer um serviço bem feito no mundo que está cada vez mais competitivo, dentre outros motivos, para reduzir prejuízos e atrair clientes.

Qual a importância do marketing para as startups?

Como dito na introdução deste artigo, o mundo das startups tem-se tornado cada vez mais competitivo. Nesse contexto, ter um bom plano de marketing, ou seja, um marketing positivo, pode representar grandes ganhos para a empresa – sejam esses ganhos de reputação, clientes e/ou investimentos. 

Além disso, uma boa estratégia de marketing é o que consolida a importância da empresa no mercado. Isso porque “quem não é visto, não é lembrado” e ser visto associado a comentários positivos, através de uma campanha bem construída, é uma das coisas que dá nome à empresa, fazendo com que a ideia da startup chegue de forma positiva ao público alvo.

Por fim, é preciso dizer que o marketing é importante para ajudar no engajamento. Nesse contexto, é óbvio entender o porquê do engajamento ser tão importante para esse tipo de negócio: as startups estão ligadas diretamente com inovação e redes sociais. Portanto, ter um negócio “bombando” nas redes sociais, com clientes fiéis comentando e compartilhando as ideias da empresa, fará com que cada vez mais as pessoas certas sejam alcançadas pela empresa.

Como montar um plano de marketing para uma startup?

Para montar um plano de marketing para uma startup, é necessário entender diversos aspectos e colocar em prática algumas técnicas desenvolvidas por publicitários que, a princípio, podem parecer difíceis. No entanto, para facilitar o processo, a seguir deixaremos algumas dicas em formato de tópicos:

  • Conheça o mercado que você pretende entrar:

Basicamente, você precisa conhecer de maneira íntima quem são os nomes que concorrem diretamente com o seu negócio: quais as estratégias que eles usam para atrair clientes? Como eles atuam dentro do mercado? Por que eles se destacam (ou não)?

Além disso, deve-se analisar as tendências do mercado para saber qual é a roupagem mais interessante para sua marca, bem como conhecer a sua própria empresa para saber seus próprios pontos fracos e pontos fortes. Assim, você poderá chegar às estratégias mais interessantes para sua empresa.

  • Conheça quem é o seu cliente em potencial:

Nos dias de hoje, as pessoas querem que as empresas lhes proporcionem um sentimento de exclusividade. Por isso, é importante definir o perfil das pessoas que possivelmente farão negócio com sua startup e direcionar sua propaganda para elas. Assim, sua empresa não correrá o risco de fazer uma campanha generalista que atinge muitas pessoas, mas que não reverte esse alcance em dinheiro.

Para facilitar esse processo, o ideal é criar uma persona, que nada mais é do que uma maneira de definir o perfil do cliente de forma subjetiva. Assim, para atingir esse objetivo, deve-se analisar quais as preferências, as necessidades, o comportamento e detalhes relevantes como: essa persona PRECISA ter gênero definido? (ou seja, seu público alvo é exclusivamente mulheres, a exemplo de empresas de produtos para mulheres), entre outras características importantes.

  • Tenha objetivos claros

Qual é o objetivo da sua empresa? E não me responda “quero mudar o mundo” ou “crescer e estabilizar”, esses são objetivos vagos que não te levarão a tomar as atitudes corretas. Dessa maneira, é importante transformar esses grandes ideais em pequenas metas, especialmente se tais metas forem quantitativas, a exemplo: quero montar uma estratégia de marketing que alcance 3.000 visualizações, das quais me renderão 300 respostas e 30 transações.

  • Abuse da ferramenta de vendas mais importante do século XXI: o marketing digital

Com a popularização dos smartphones, mais do que a televisão, a internet tornou-se o meio de comunicação mais importante dos últimos anos. Assim, para atingir clientes em potencial, invista muito em marketing digital, sendo importante, para isso, buscar a ajuda de profissionais capacitados para realizar tais ações de maneira que realmente causem o impacto desejado.

  • Mais do que vender o produto, é importante manter o cliente por perto

Como o alcance de visualizações nas redes sociais de algum perfil é definido pelo engajamento das pessoas, é importante despertar o interesse do público com conteúdos de interesse dos seus possíveis clientes para que eles possam curtir, comentar e compartilhar suas postagens. Assim, quando a empresa publicar novidades sobre os produtos, o maior número de pessoas receberá essas postagens. No entanto, atenção: faça publicações relevantes e que tenham a ver com seu nicho de mercado, ou seja, se sua empresa é de serviços de limpeza para automóveis, não publique sobre o algodão doce mais bonito do mundo.

  • Além de postar conteúdos, é necessário variar o tema abordado

Eu sei que eu disse para manter no nicho, mas até que dá para ser diverso e continuar coerente com o público alvo. Usando o mesmo exemplo da dica anterior, se seu serviço é de limpeza para automóveis, você pode falar sobre polimento de carros, sobre legislação de trânsito, sobre financiamento de automóveis, sobre fabricação de carros, sobre o impacto que a limpeza a seco causa no meio ambiente, sobre os carros mais velozes, sobre novidades nos modelos de carros, entre outros assuntos.

  • Acompanhe seus resultados para saber se eles estão dando certo:

Na sua cabeça, você fez tudo certo, mas ainda assim não conseguiu o resultado esperado. O que fazer? Em primeiro lugar, faça uma análise dos seus resultados: quais tipos de campanhas atraíram o maior número de clientes? Quais atraíram o menor? Então, você pode direcionar melhor o marketing da sua empresa de acordo com isso. No entanto, antes de se desesperar, é interessante procurar a ajuda de um profissional de marketing.

  • Na dúvida, teste coisas diferentes:

É fato que abordagens diferentes, quando somadas, podem trazer mais benefícios do que quando usadas de forma isoladas. No entanto, cuidado: não pode parecer que você está atirando para todos os lados.

  • Use estratégias que permitam que você seja encontrado:

Existem inúmeras estratégias que fazem com que as pessoas te encontrem: Google ADS, anunciar no Facebook e no Instagram, entre outras coisas.

  • Redes sociais são um importante cartão de visita:

Ter presença em redes sociais como Facebook, Instagram, twitter e Pinterest, quando a empresa apresenta engajamento de pessoas reais, transparece confiabilidade para que pessoas sejam estimuladas a fazer negócio com startup pela primeira vez. Afinal, se a empresa precisasse esconder algo, ela não seria tão fácil de encontrar.

  • SEO – conheça, use e ame:

O SEO consiste em uma técnica de Search Engine Optimization que nada mais é do que fazer com que a página do site da sua empresa seja achada por pessoas quando pesquisada no Google. Para isso, é necessário escrever posts com temas de interesse e palavras chaves para que o site seja encontrado.

Por exemplo, se você é uma empresa de itens de limpeza de carros, possui um site e publica um artigo sobre “como fazer um polimento caseiro”, quando um cliente em potencial pesquisar o tema no Google, encontrará seu site e terá a chance de ser exposto aos seus serviços e mudar de ideia quanto a fazer sozinho. 

Como divulgar uma startup?

Ao fim, a pergunta de $ 1.000.000,00 de dólares: como eu divulgo minha startup? Para divulgar uma startup, o melhor meio é por através do marketing digital. Para isso, é importante usar o SEO (já descrito anteriormente), o marketing de conteúdo (divulgar a marca de forma implícita, oferecendo ao público alvo conteúdos como posts, e-books, entre outros materiais), análises de resultados e e-mail marketing (publicidade por meio eletrônico).