Como abrir um negócio de forma segura?

Como Abrir um negócio de forma segura

 

Muitas pessoas sonham em abrir um negócio próprio. Algumas se jogam no mundo dos empreendimentos e buscam por uma oportunidade de fazer sucesso e ganhar muito dinheiro com vendas. Entretanto, outra grande parcela acaba desistindo em pouco tempo e abandonando o sonho da empresa própria. Isso ocorre por vários motivos, dado que, é bastante comum surgirem dificuldades, principalmente nos primeiros anos da empresa.

A verdade é que, para abrir uma empresa e alcançar o sucesso, é preciso muito mais que o dinheiro para comprar os produtos que deseja vender ou montar a loja propriamente dita. Existem milhares de outros pontos que devem ser considerados antes de abrir um negócio, desde a viabilidade, passando pela concorrência, os gastos necessários, entre vários outros. Neste artigo, separamos algumas dicas para você abrir o seu negócio, portanto, continue a leitura e fique por dentro de todas as informações sobre o tema.

Veja também:
Como investir no Tesouro Direto?
Como fazer gestão financeira para MEI?
Como planejar a Independência Financeira?

Amadureça a ideia antes de abrir um negócio

Abrir um negócio não é uma atividade fácil, devendo ser feita de maneira bastante profissional e seguindo todos os requisitos exigidos. No entanto, se você deseja abrir um negócio, mas não sabe por onde começar, busque fazer algo que gosta. É necessário que haja paixão no que está sendo feito, dado que, você precisará passar muito mais tempo e focar muito mais energia no seu negócio do que um trabalho convencional de 8 horas por dia.

Não é necessário que seja algo novo ou revolucionário. Existem milhares de empreendimentos que utilizam a mesma fórmula para o sucesso. A dúvida que acaba por surgir é: como identificar uma boa ideia de negócio? Essa pergunta nem sempre é fácil de responder, haja vista que nem todas as pessoas estão habilitadas a identificar bem as oportunidades que surgem no mercado.

Geralmente, pessoas que são acostumadas a lidar com os negócios e já possuem uma certa bagagem de experiência, acabam por ter um olhar mais apurado a respeito dessas oportunidades, sendo muito mais fácil para eles identificarem e colocarem em prática essas ideias, o que pode ser um enorme desafio para as pessoas que não possuem essa habilidade e estão começando agora no empreendimento.

Dessa forma, abrir um negócio requer um pouco mais de pesquisa por parte do empreendedor que está em busca de se aventurar nesse mundo, não sendo necessário investimento inicialmente. Após realizar uma boa pesquisa e identificar possíveis boas ideias, o próximo passo é identificar meios de pô-la em prática.

Muitas pessoas acabam cometendo o erro de se fechar após ter uma ideia de negócio, em grande parte por medo de que alguém venha a roubar essa ideia. Entretanto, isso acaba se tornando um grande equívoco, haja vista que, quando compartilhamos uma ideia com alguém, podemos vê-la por um ponto de vista diferente, coletando outras informações essenciais ao funcionamento dela para ajudar no desenvolvimento dessa ideia.

Portanto, uma boa dica na hora de amadurecer suas ideias é procurar por pessoas que já possuem experiência na área e que já tenham passado pelo que você passou. Com isso, será possível aprender mais sobre o negócio e os riscos inerentes a atividade, juntamente com os cuidados necessários a manutenção dele, evitando, dessa forma, que sua empresa venha a fechar as portas. 

Monte um plano de negócio

Um dos erros mais comuns que as pessoas cometem ao abrir um negócio é não elaborar um plano completo. Essa é uma das etapas mais importantes para qualquer empresa. Definir bem todos os objetivos, assim como dispor de um capital de abertura, analisar o mercado dos concorrentes e analisar todos os benefícios que o empreendimento pode trazer são os pontos essenciais para se obter o sucesso do empreendimento e consequentemente a ascensão financeira. 

Após amadurecer a ideia de negócio, o empreendedor deverá colocar em prática tudo o que foi planejado no papel. O plano de negócios é o momento em que o empresário pondera se a sua ideia é viável e tem futuro ou se tudo aquilo não passa de uma ideia abstrata, onde não será possível alcançar os objetivos definidos, visto que não é viável a maioria dos atos necessários ao seu bom funcionamento.

O formato como a ideia é debatida e ponderada poderá definir os rumos que o negócio irá tomar, a depender da forma que será implantada e da visão de negócios do empresário. É necessário ter em mente que o país passa por um momento complicado, onde há bastante recessão e uma economia instável, onde os recursos disponíveis para manutenção da empresa são extremamente escassos e devem ser aproveitados da melhor forma possível.

Portanto, ser capaz de criar um bom plano de negócios e implantá-lo de forma a gastar o menos possível e obter os melhores resultados são algo extremamente necessário de se fazer, sendo decisivo na continuação ou falência dos negócios.

Seja flexível em relação à ideia original

Embora sua ideia principal e original de negócio seja o caminho a ser seguido, é necessário ser flexível para aceitar que ela se tornou inviável e mudar os planos, buscando um plano B caso não seja possível realizá-la, ou seja, é necessário ter em mente que essa ideia pode falhar e causar uma grande perda em relação aos investimentos financeiros feitos nela, sendo necessário que o empresário tenha flexibilidade em alterá-la ou trocá-la caso seja necessário.

O foco principal dessa ideia é a viabilização do negócio em si, e não a utilidade dessa ideia. Portanto, é necessário que o empresário seja aberto a novas ideias e a mudanças que possam vir a se tornar necessárias para continuar com o negócio, acompanhando sempre as tendências do mercado e as novas mudanças que ocorrem diariamente.

Pesquise o mercado e a concorrência

De nada adianta criar um plano de negócios excelente e amadurecer uma ideia se o mercado e a concorrência não forem estudados. Grande parte das falências ocorre, pois, o empreendedor não buscou conhecimentos a respeito dos seus concorrentes diretos, uma vez que o seu negócio pode não obter uma aprovação por parte do mercado, o que irá condená-lo a falência em pouco tempo.

O processo ideal a se fazer é identificar quais as necessidades dos clientes daquela localidade que você planeja criar um empreendimento, para que posteriormente você possa oferecer uma solução a esse problema, impedindo, dessa forma, que incorra no erro de percorrer o caminho ao contrário, como é bastante comum, onde as pessoas criam um produto ou serviço, porém, não avaliam se o mercado consumidor está precisando desse tipo de produto ou serviço.

Uma boa dica para solucionar esse problema é possuir uma lista de contatos, a chamada Networking. Com esses contatos, será possível estudar e entender os seus concorrentes, além disso, é possível criar futuras parcerias comerciais com esses contatos, como, por exemplo, um contrato de fornecimento de determinado produto que você venda em sua loja.

Defina bem o seu negócio

O último passo para abrir um negócio de sucesso é definir bem o que irá vender e qual será o seu nicho. Conhecer exatamente o produto que irá vender e as pessoas que se tornarão potenciais clientes é de suma importância para que o seu negócio seja viável, visto que, ao estudar apenas a concorrência e negligenciar os clientes, o negócio provavelmente irá ao fracasso, dado que os consumidores são os clientes e não os concorrentes.